Fotos de imóveis: A importância no mercado imobiliário e 6 dicas fundamentais!

A tecnologia mudou grande parte dos hábitos brasileiros, dentre eles a forma de escolher seu imóvel para comprar. Se antes era preciso caminhar pelas ruas em busca de placas com “vende-se”, hoje bastam alguns cliques para que várias opções de fotos de imóveis estejam disponíveis e do jeito que deseja.

Mesmo que a descrição seja fundamental para expor ao leitor tudo que há no imóvel, é a fotografia imobiliária que proporcionará a ele uma vivência real sobre o espaço. Uma boa fotografia, com iluminação adequada e foco correto, pode ser o impulso principal para a compra do imóvel, indicando que ela deve ser feita com profissionalismo.

A importância das fotos de imóveis para conquistar um futuro comprador

Fotos de imóveis: profissional x amadora

Sem tempo para ir de porta em porta das ruas prediletas ou ir diretamente às imobiliárias, 90% dos possíveis compradores realizam sua busca na internet. Porém, o que pode parecer dinâmico e prático também pode se transformar em frustração, já que grande parte desses anúncios possui descrições superficiais e imagens que pouco demonstram a realidade do imóvel.

A objetividade dos anúncios pela internet faz com que surjam muitas opções e seja mais difícil se destacar dentre tantas propostas. Muitos não se preocupam em expor seu imóvel de forma adequada, se tornando apenas um conjunto de informações frias e sem nenhum tipo de estímulo a compra.

O leitor precisa encontrar no anúncio o encantamento do imóvel oferecido e para isso as imobiliárias precisam dominar algumas técnicas, que sejam capazes de ligar o imóvel ao seu possível comprador basicamente pelas imagens que publica. O leitor busca se emocionar com o imóvel encontrado, até mesmo se surpreender e se sentir dentro dele, fazendo com que aspire sua compra.

O comprador busca um imóvel que se encaixe as suas expectativas. Logo, sua localização e arquitetura podem ser o limiar entre a exclusão do anúncio e a vontade contagiante de adquiri-lo. E quando o comprador encontra algo que parece ser adequado ao seu interesse, quase sempre se depara com imagens que não retratam adequadamente o estado de conservação do imóvel, assim como o tamanho dos ambientes e impede que ele se veja inserido naquele lugar.

A qualidade do material usado é fundamental!

Fotografia imobiliária: profissional x amadora

Dentro de toda essa conquista proposta ao leitor está o fotógrafo, o verdadeiro mago capaz de encantá-lo para o local ofertado. A imagem que ele irá capturar pode transmitir todas as informações que seriam feitas em palavras que quase sempre são carregadas de exageros, aguçando a curiosidade e sentimento do comprador.

O leitor hoje pode procurar um imóvel pelo seu smartphone ou tablet, zapeando rapidamente as páginas até que uma lhe chame atenção. Mesmo que haja uma ótima descrição do local, justamente as que possuem boas imagens são as que conseguem atraí-lo.

É notório o que o impacto das fotos pode causar ao leitor, que vai entrar em contato em busca de mais detalhes e de conhecer o imóvel pessoalmente. Ou seja, já vai direto ao seu interesse, objetivando ainda mais a prospecção do corretor e a tornando mais dinâmica, com menos risco de atingir pessoas que não são compatíveis com a oferta.

Fotos encantadoras podem ser conseguidas com a preparação de organização e limpeza do imóvel e a luminosidade natural do ambiente, ou seja, dias ensolarados que tragam luz externa para preencher o local a ser retratado.

Mas se não há uma iluminação natural adequada, o fotografo precisa se munir de um bom equipamento de iluminação que seja capaz de captar as belezas do ambiente. Porém, de nada adianta caprichar na luz se a máquina fotográfica for inadequada.

Alguns corretores fotografam com seu próprio celular e mesmo os que possuem uma tecnologia mais avançada e uma real qualidade final, ainda assim não tem os mesmos recursos que uma câmara profissional. A resolução pode ser o principal diferencial entre uma imagem profissional de fato e impactante, de uma amadora sem atrativos.

Outro ponto importante para quem irá tirar uma fotografia de um imóvel é pensar no espaço. As imagens podem incluir áreas externas bonitas como jardins e paisagens vistas pela janela, assim como se enquadrar de forma a mostrar o ambiente por completo e dar ao possível comprador uma real noção do espaço do ambiente.

Caso deseje anunciar o seu imóvel no Jardins conosco, clique aqui!

Agora que você já sabe a importância das fotos de imóveis para os anúncios imobiliários, veja as dicas de como preparar e fotografar seu imóvel para atrair mais clientes:

Print Friendly and PDF

Comente este artigo